O Românico e mais

A marca profunda deixada pelos nossos antepassados é visível neste grande número de igrejas românicas e mosteiros que floresceram ao longo de toda a Ribeira Sacra. A expansão do românico na Galiza é patente neste território, a ponto de ser considerado a principal concentração do românico rural na Europa

Este local, que continua tão espetacular quanto fértil nos nossos dias, atraiu as comunidades monásticas desde o início do Cristianismo. Estes grupos procuravam um lugar que favorecesse a vida ascética e eremítica. A vida nestes territórios começa a organizar-se em redor dos mosteiros, com os seus direitos sobre as terras, a organização das culturas, principalmente da vinha, e a cobrança de impostos.

Foi deste modo que teve início um importante período histórico, no qual se instaurou a cultura monástica nas margens íngremes dos rios Sil e Minho, cujo legado patrimonial chegou até à hodiernidade. Entre os muitos exemplos que poderá encontrar nestas terras estão templos de grande beleza como «San Paio de Diomondi», «Santo Estevo de Atan», «San Miguel de Eire» ou «San Fiz de Cangas».

Não percas!

Consulta el servicio de Rutas Guiadas

Descubra um dos lugares mais relevantes da Ribeira Sacra