Galeria
Galeria

Caminho de Inverno

Senderismo

Ao longo deste troço do Caminho de Santiago de Inverno, podemos desvendar muitos dos segredos que a Ribeira Sacra esconde no seu território. Paisagens surpreendentes, aldeias que ainda preservam a sua essência rural mais pura ou antigas igrejas e mosteiros são apenas alguns dos atrativos desta antiga variante do Caminho Francês. 

Como chegar Como chegar
Distância da rota
264,33 km
Itinerário da rota
Linear
Começo
A Rúa
Chegada
Monte Faro
Dificuldade
Alta
Desnível
Subida: 4940 m
Baixada: 5265 m
M.I.D.E. 3 3 3 4

Quando chegava o inverno e as nevadas cobriam as serras vizinhas de Os Ancares e O Cebreiro, os caminhos ficavam intransponíveis devido à neve e os transeuntes que se dirigiam para Compostela tinham de procurar alternativas para a sua peregrinação. Muitos deles, que, vindos de toda a Europa, percorriam o Caminho de Santiago Francês, permaneciam durante o inverno em Ponferrada, ao passo que outros optavam por seguir o curso do rio Sil para entrar na Galiza. Este caminho conduzia-os pelo Desfiladeiro do Sil através de diversas povoações, como O Barco de Valdeorras, A Rúa ou Quiroga, evitando assim os cumes altos, que se encontravam cobertos de neve. Mais à frente, subiam até chegar a Monforte, de onde se dirigiam para Chantada. Depois, atravessavam a Serra do Faro e, por fim, após passarem por Lalín e Silleda, chegavam ao seu destino, em Compostela.

Este itinerário não deve ser entendido como um trilho de caminhadas. Trata-se de um percurso de grande distância que exige uma planificação logística da viagem. É altamente recomendável a utilização de um dispositivo GPS para guardar o itinerário do percurso.

Hoje em dia, os peregrinos podem igualmente escolher o caminho que pretendem seguir uma vez chegados a Ponferrada. Ao optarem pelo Caminho de Inverno, percorrem, ao longo da Ribeira Sacra, um total de quatro etapas.

A primeira destas etapas, que é a primeira a atravessar os limites das nossas terras, é a que se inicia em A Rúa e se prolonga até Quiroga. Esta etapa tem um grau de dificuldade baixo e um comprimento de 28 quilómetros. Acompanha o rio Sil durante grande parte do seu percurso, passando pelo chamado «Túnel de Montefurado», uma grande obra da engenharia romana. Em Quiroga, podemos visitar o Museu Arqueológico.

A segunda etapa liga as localidades de Quiroga e Monforte. Tem um comprimento total de 33 quilómetros e uma dificuldade moderada a alta, já que enfrenta um desnível considerável ao subir desde as margens do rio Sil até Monforte. Aqui, o peregrino pode visitar o mosteiro, o palácio condal e a torre de menagem, um conjunto arquitetónico conhecido pelo nome de San Vicente del Pino e que alberga um Parador Nacional.

Na terceira etapa, o peregrino caminhará desde Monforte até Chantada, percorrendo uma distância de 31,6 quilómetros. Este percurso segue em grande parte uma antiga via romana. A dificuldade deste troço é considerada média, existindo uma secção de 2,5 quilómetros com um forte desnível. Durante esta etapa, o peregrino pode visitar numerosos testemunhos do património românico da zona, bem como as paisagens pitorescas da Ribeira do Rio Minho.

Na última etapa do Caminho de Inverno pelas nossas terras, o peregrino segue desde Chantada até à povoação de Rodeiro. Este troço tem um comprimento de 26 quilómetros e uma dificuldade considerada média. Os peregrinos sobem desde a capital «chantadina» até à ermida de Nuestra Señora do Faro, situada numa das partes mais altas desta serra, que separa as províncias de Lugo e de Pontevedra.

A partir deste ponto, faltarão apenas três jornadas para chegar a Santiago de Compostela, com uma passagem entretanto pelas povoações de Lalín e Silleda.

Não percas!

Recomendamos que visite cada uma das povoações atravessadas pelo Caminho de Inverno, até porque todas elas têm algum ponto de interesse a descobrir. Poderá encontrar mais informação sobre estas localidades nos seus postos de turismo e neste sítio web.

Caminho de Santiago de Inverno na Ribeira Sacra

Equipamentos e serviços

Estacionamento
Postos de comida
Fonte de água

Acessibilidade

De bicicleta
De carro