Galeria
Galeria

PR-G 178 «Ruta de Maquino Largaño»

Senderismo

Ao longo deste percurso circular de quase quinze quilómetros, ficaremos a conhecer lugares de grande importância patrimonial, como uma antiga necrópole ou o Mosteiro de Santo Estevo de Ribas de Sil. Além disso, também descobriremos uma encosta inclinada do Desfiladeiro do rio Sil.

Como chegar Como chegar
Distância da rota
15 km
Tempo de rota
6 h 00 min
Itinerário da rota
Circular
Começo
Luíntra
Chegada
Luíntra
Dificuldade
Média
Desnível
Subida: 579 m
Baixada: 579 m
M.I.D.E. 2 2 3 3

«Maquino largaño» significa «caminho longo» em barallete. O barallete é uma gíria própria dos ofícios ambulantes (amoladores, cordoeiros, bolacheiros, etc.), que a criaram com o intuito de não serem percebidos pelas pessoas alheias a estas profissões, podendo assim comunicar livremente na presença de qualquer pessoa.

O trajeto começa na povoação de Luíntra. Atravessaremos zonas de árvores autóctones e prados, até chegarmos ao Mosteiro de Santo Estevo de Ribas de Sil, após uma descida acentuada. A partir daqui, prosseguimos o trilho passando por uma encosta inclinada do Desfiladeiro do Sil, entre castanheiros antigos, e cruzando alguns riachos. Nalguns troços, a vegetação permite-nos apreciar vistas encantadoras sobre o desfiladeiro do rio, situado a mais de trezentos metros na vertical debaixo dos nossos pés. Mais à frente, abandonamos esta encosta e chegamos às imediações de uma necrópole que data dos séculos III e IV a. C. Por último, depois de passarmos pela aldeia de Monteverde, descemos por um antigo caminho empedrado até estarmos de volta a Luíntra, onde termina o nosso percurso.

Não percas!

É imprescindível visitar o interior do Mosteiro de Santo Estevo, reconvertido atualmente em Parador de Turismo Nacional.

PRG-178 «Ruta de Maquino Largaño»

Equipamentos e serviços

Estacionamento
Fonte de água
Postos de comida

Acessibilidade

De bicicleta
De carro